CARNE SUÍNA


Um levantamento feito pela USP DE RIBEIRÃO PRETO concluiu que a carne de porco ainda é alvo de preconceitos para o consumo. A maioria das pessoas ainda evitam por considerá-la gordurosa e transmissora de doenças. Isto nos remete aos anos 60 em que o animal era criado em chiqueiro e comia restos de comida caseira.
Atualmente o porco é alimentado com ração a base de milho e farelo de soja , com vitaminas e minerais. Graças a ela, a carne suína ganhou teores mais brandos de gordura e uma porção de micronutrientes. No passado o animal era abatido com cerca de 300 quilos e hoje ele não passa dos 90, confirma o zootecnista da EMBRAPA, Elsio Figueiredo.
Para completar, os criadouros são cimentados e higienizados, respeitando regras da Vigilância Sanitária, cada vez mais rígidas.
Somadas à manipulação genética, as mudanças renderam uma redução de 31% na gordura, 14% nas calorias e 10% no colesterol presentes na carne de porco.
Muito além do sabor e da textura marcante, os cortes suínos abundam em vitaminas, potássio, zinco e ferro. Suas proteínas têm alto valor biológico e sua gordura passou de saturada para insaturada, que resguardam as artérias.
É claro que o bacon e o torresmo, até pelo preparo, ainda continuam calóricos e com gorduras nocivas à saúde.

DUELO COM O SUÍNO

PORCO - LOMBO SUÍNO

É a parte mais sequinha do porco, dá para consumir até 2 vezes por semana

CALORIAS        210
PROTEÍNAS      35,7g
GORDURAS      6,4g
COLESTEROL   103mg
FERRO               0,5mg

BOI - MIOLO DE ALCATRA

Ganha do lombo na presença de ferro e colesterol, mas tem menos proteína.

CALORIAS       241
PROTEÍNAS     31,9g
GORDURAS     11,6g
COLESTEROL  92 mg
FERRO               3,2mg

FRANGO - COXA DE FRANGO

Tida como magra, ela perde para o lombo por ter mais calorias e colesterol.

CALORIAS      215
PROTEÍNAS    28,5g
GORDURAS    10,4g
COLESTEROL 145mg
FERRO             1,2mg

No momento de comprar, o conselho é ficar atento aos selos do Ministério da Agricultura e dos órgãos de controle sanitário, que comprovam a segurança e a qualidade do produto.
Na hora de preparar a carne recomendamos que se cozinhe bem  para evitar qualquer contaminação com microorganismos.

Comentários

Postagens mais visitadas