DIETA DA PROTEÍNA OU NÃO?




A dieta a base de proteínas tem caído no gosto da população como fórmula certeira para eliminar os "pneuzinhos", mas é preciso cautela na hora de escolher suas fontes e mais ainda quando for administra-las.
O fato é que, em comparação aos outros macronutrientes como carboidratos e lipídios, as proteínas de fato exigem uma queima calórica maior durante a digestão, no entanto esse gasto é tão discreto que não chega a fazer diferença na perda de peso.
Mais do que isso, os entusiastas dessa dieta dizem que a sensação de saciedade duradoura contribuiria para o emagrecimento. Verdade. No entanto todo empanturramento tem um preço, quem aposta em fontes proteicas gordurosas, como carnes vermelhas, queijos amarelos e afins, devido á digestão mais lenta submetem o organismo a um jejum longo e nesse contexto o corpo se vê estimulado a economizar energia, então passa-se a formar mais gorduras.
Um dado importante, é que para se obter a real função das proteínas - que é fornecer aminoácidos para construção de músculos - a presença de carboidratos se faz essencial, ja que na falta deles para fornecimento de glicose e produção de energia, o corpo acaba recrutando os aminoácidos provenientes das proteínas. Dessa maneira, em vez de serem usados para síntese proteica no tecido muscular, eles são destinados para manutenção da glicemia.
Agora, é preciso respeitar as dosagens diárias para cada faixa etária e aviso : só quem for atleta ou praticar atividade física intensa, para o bem da reparação muscular pode exceder essa recomendação.

CRIANÇAS (4 a 8 anos) ................ 19g
CRIANÇAS (9 a 13 anos) .............. 34g
MENINOS ( 14 a 18 anos) ............. 52g
MENINAS ( 14 a 18 anos) ............ 46g
HOMENS (19 a 50 anos) .............. 56g
MULHERES (19 a 50 anos)........... 46g
HOMENS (mais 50 anos) .............. 56g
MULHERES (mais 50 anos)........... 46g

Saber escolher as melhores fontes proteicas também é um desafio, então listamos alimentos mais redutos de proteínas (em 100g de alimento) :

- TREMOÇO (cru)  ......................... 33,6g
- CONTRAFILÉ BOVINO ............ 32,4g
- SARDINHA ASSADA ................. 32,2g
- BISTECA DE PORCO ................. 28,9g
- SALMÃO GRELHADO ............... 23,9g
- QUEIJO MUSSARELA ................ 22,6g
- GRÃO-DE-BICO (cru) ................. 21,2g
- LINGUIÇA DE PORCO ............... 20,5g
- OVO COZIDO .............................. 13,3g
- RICOTA ........................................ 12,6g


Mesmo diante desses valores e das recomendações, é preciso que se procure um profissional especializado da área, para uma avaliação de suas necessidades e maiores esclarecimentos. No caso de suplementos, muitas vezes erroneamente associados aos anabolizantes, é preciso saber que são uteis em diversas situações, como por exemplo para que idosos não percam massa muscular. Mesmo assim, é importante a consulta á especialistas antes de simplesmente consumi-los.



fonte: Revista Saúde - março/2014




Comentários

Postagens mais visitadas