Desmistificando as dietas da moda

Por : Discovery Home & Health - dicoverymulher.com


- Dieta sem Glúten -



Ao colocar a estética em primeiro lugar, muitas pessoas recorrem a métodos duvidosos, como “dietas da moda”,  para alcançar um ideal de beleza. Para o nutrólogo Antonio Lancha Jr., pesquisador e professor titular na Escola de Educação Física e Esporte da USP, as pessoas procuram dietas por não terem uma educação nutricional adequada.
Algumas dietas restritivas em determinados nutrientes, prometendo milagres e tendo como “garotas propaganda” algumas celebridades consideradas modelos de beleza, viraram tendência nos últimos anos.
Sobre a eficiência desses métodos, o nutrólogo alerta que “Toda vez que você faz uma restrição calórica de qualquer natureza, por qualquer nutriente, você acaba provocando redução de peso, o que não significa que houve perda de gordura”.
Às vezes, acontece exatamente o contrário, a pessoa consegue reduzir seu peso corporal, mas acaba aumentando sua porcentagem de gordura.

Dieta sem glúten para “secar” gordura


desmistificando-as-dietas-da-moda-dieta-sem-gluten-discovery-mulher
A última moda quando falamos em dietas é a que retira o glúten da alimentação. Até bem pouco tempo atrás, pouco se falava sobre essa proteína, presente em cereais como trigo, centeio e aveia. Hoje, ela aparece nas revistas e sites de culto ao corpo como algo a ser eliminado do cardápio.
Embora a dieta sem glúten prometa milagres, como “secar em uma semana”, e tenha sua fama endossada por célebres beldades que aderiram à moda, não existe nenhum embasamento científico que comprove perda de peso pela eliminação da proteína. Já os riscos dessa restrição têm amparo na ciência.
O nutrólogo Lancha Jr. alerta que “o glúten fornece uma série de fibras, que garantem uma boa quantidade de bactérias não patogênicas do nosso intestino. Hoje sabe-se que essas bactérias estão intimamente ligadas ao sistema imunitário. Quando você restringe o glúten, você acaba eliminando uma grande quantidade de fibras da dieta, perdendo, consequentemente, essas bactérias.”.
Isso mostra que uma dieta sem glúten, além de comprometer o funcionamento do intestino, pode também diminuir a eficiência do sistema imune. De acordo com Lancha Jr., “só deve fazer a restrição de glúten quem efetivamente precisa, por um fator alérgico, ou alguma doença celíaca… Caso contrário, não há justificativa pra essa privação.
O nutrólogo salienta que “existem, inclusive, artigos científicos que demonstram que, mesmo em pacientes que precisam restringir o glúten, a alteração das bactérias intestinais acaba sendo um problema, eles acabam precisando fazer um controle dessas bactérias de uma forma exógena, ou seja, consumindo probióticos, por exemplo, bactérias, para garantir uma saúde intestinal, que seria natural com a ingestão do glúten.”.

Vamos nos informar antes entrar no modismo.
Moda não é necessária quando se trata de saúde e alimentação.
Pratique bons hábitos. Pratique Via Santé.

Comentários

Postagens mais visitadas