Gengibre

Por Karla Precioso - www.mdemulher.abril.com.br


Diferentemente do que muita gente pensa, o gengibre não é uma raiz, e sim um rizoma, o caule da planta que se desenvolve embaixo da terra. Mas isso não diminui os poderes dessa planta de sabor picante. O centro de estudos do câncer da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, descobriu que suas substâncias inibem o avanço do tumor de cólon. Como se fosse pouco, também são capazes de combater a náusea provocada pela quimioterapia. A ciência comprova agora o que os povos da Antiguidade já sabiam, após as refeições, os gregos costumavam comer pedaços de gengibre para ajudar na digestão. Hoje sabemos que o nutriente cineol tem ação digestiva, atuando também contra cólica e tontura. E os benefícios não param por aí! Ele acelera o metabolismo, favorecendo a queima de gordura.

Chega de mau hálito

Sua ação antibacteriana manda o bafo de onça para bem longe. Uma boa alternativa são as pastilhas de gengibre.

Combate ao enjoo

A planta interfere nas contrações estomacais, assim o cérebro recebe mensagens para brecar a sensação de náusea. Ingerir cápsulas de gengibre ou mastigar um pedaço puro funciona.

Detox turbinado

É rico em substâncias termogênicas, que ativam o metabolismo e potencializam a queima de gordura. Acrescente 1 colher (chá) de gengibre ralado às refeições.

Fim da má digestão

Graças às suas funções digestivas, o efeito é direto no trato gastrointestinal. Coloque 1 pitada de gengibre ralado no suco de fruta (melancia, abacaxi ou laranja).

Livre de gripes

Anti-inflamatório, antibiótico e antiviral, ele fortalece o sistema imunológico e previne doenças respiratórias. Deixe talos de molho por 30 minutos. Leve ao fogo por mais 30, coe e beba.

Colesterol sob controle

O gengibre reduz a formação de placas nas artérias, diminuindo os níveis de colesterol. Inclua a planta ralada, em pó ou picada em sopas, saladas e vegetais cozidos.

Longe da dor

Ele ainda age como um analgésico na inflamação. Por isso, ameniza artrite, dores nas costas e musculares. O ideal é comê-lo cru durante o dia.
Efeito na beleza

Elimina espinhas

Massageie a espinha com uma fatia de gengibre por cinco minutos. Isso desobstrui os poros e mata as bactérias que causam a acne.

Evita rugas

Sua ação antioxidante previne o envelhecimento da pele. Misture 1 pitada de gengibre ralado com 1 colher (sopa) de mel e coma toda manhã. Se preferir, beba chá de gengibre duas vezes por dia.

Fortalece os fios

- Suas propriedades antissépticas dão força ao cabelo. Misture 1 colher (chá) de gengibre ralado com 1/4 de xícara (chá) de óleo de gergelim e aplique no couro cabeludo. Deixe agir por 15 minutos e lave.

-Versátil também na culinária
Raspas de gengibre dão um sabor refrescante a biscoitos e bolos. 

- A versão desidratada banhada em chocolate se transforma num delicioso bombom picante.
Os chineses costumam usá-lo com alho para tirar o cheiro forte do peixe. Também comem frutos do mar acompanhados com molho de gengibre, por causa de sua ação bactericida. 


Escolha bem

- Compre só aqueles com a pele lisinha, é garantia de que não está fibroso. Guarde na gaveta da geladeira dentro de um saquinho de papel (como o de pão) para ele ficar fresco por várias semanas.


Contraindicações e consumo

- Ele é contraindicado para quem toma remédio para controle da hipertensão ou anticoagulantes (potencializa os efeitos desses medicamentos).
- Diabéticos não devem exagerar na dose, porque a planta diminui os níveis de glicose no sangue.
- Gestantes devem consultar o médico antes de consumir.
- A recomendação diária varia entre 2 e 4 g.





Aproveite e delicie-se!

Pratique bons hábitos. Pratique Via Santé



Comentários

Postagens mais visitadas